Ideia Fértil acreditado pela REDLARA

Registro Latinoamericano é um órgão da Red Latinoamericana de Reproducción Asistida, cujas funções são a recompilação, a análise, a publicação e a distribuição dos resultados das Técnicas de Reprodução Assistida (TRA) dos centros que acreditados ou associados à RED .

O Registro Latinoamericano possibilita :

  • Avaliar tratamentos de Reprodução Assistida em términos de seus resultados, desde a estimulação hormonal até o nacimento dos bebês.
  • Avaliar tendências nacionais e regionais em relação à segurança e eficácia das diferentes técnicas de RA.
  • Apoiar a casais inférteis durante o processo de decisões relativas à avaliação de custos e benefícios.
  • Dispor de uma base de dados sólida para estudos epidemiológicos e como fonte de referência (controle de qualidade) para centros em particular.

A avaliação de tendências regionais permite ao Conselho de Diretores executar programas educacionais através de congressos regionais, destinados a melhorar a prática desta disciplina na região.

Desde a fundação do RLA em 1990, foram publicados 17 relatórios (ver imagem). Na atualidade, estamos coletando dados correspondentes a procedimentos realizados no ano 2015, proveniente de 192 centros que constituem a REDLARA .

O RLA participa do International Committee Monitoring Assisted Reproduction Technologies (ICMART), responsável pela coleta e publicação do registro mundial de reprodução assistida.

 

Visitas de Acreditação
Processo de Acreditação

Em 1997, inicia-se o processo de Acreditação, com o objetivo de promover um melhor funcionamentos dos centros associados à RED e garante a veracidade dos dados enviados ao Registro Latinoamericano de Reproducción Asistida (RLA).

 

Requisitos para a Acreditação:

Qualquer centro que tenha interesse em associar-se a RED deve:

• Possuir pessoa jurídica vigente;

• Cumprir com as normas sanitárias de seu país e as solicitadas pela RED;

• Relatar seus resultados ao Registro Latinoamericano de Reproducción Asistida (RLA);

• Aceitar pagar a taxa destinada para a visita (USD 1,400).

Etapas do processo de acreditação:

1. O centro deve manifestar seu interesse em pertenecer à RE, solicitando-o à Secretaria da RED;

2. Deve relatar seus dados ao RLA;

3. É programada uma visita de acreditação, que é realizada por dois acreditadores (geralmente um clínico e um biólogo), que são escolhidos entre os centros acreditados da RED. Os acreditadores devem cumprir os seguintes requisitos: ter formação apropriada, não possuir qualquer relação com o centro que irão visitar, aceitar a confidencialidade da informação recebida para a visita e pertencer a um centro acreditado da RED;

 

Durante a visita, deverão estar presentes o Diretor do Centro e o Diretor do Laboratório.

Pontos a serem avaliados durante a visita de acreditação:

1. O laboratório de Reprodução Assistida: suas instalações, equipamentos e sistemas de registro e de controle de qualidade.

Obs.: serão considerados os parâmetros que se encontram no Manual de Procedimentos de Laboratório de Reprodução Assistida da RED, nas Normas de Acreditação e os Formulários de Avaliação – check-list.

2. Verificação dos dados relatados ao RLA;

3. Historias clínicas e de laboratório de embriologia;

4. Consentimentos informados (devidamente assinados);

5. CV dos profissionais do centro;

6. Eficiência do centro;

7. Os manuais de procedimentos (clínico e de laboratório);

8. Toda a documentação de back up às perguntas assinaladas com & do Questionário (Check-list).

 

Voltar ao Site Ideia Fértil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s